capa-deo-rian

btn-folha
btn-cultura

Déo frequentou todos esses ambientes de rodas musicais, conviveu com muitos chorões e teve como mestre e professor de bandolim, Jacob do Bandolim. Jacob, um dos maiores músicos de toda a história influenciou muito o trabalho de Déo Rian, e depois de sua morte em 1969, Déo foi apontado como o principal sucessor de Jacob na manutenção do Choro e de todo seu legado.

O disco é uma homenagem aos 70 anos de Déo Rian que é um dos principais representante do choro, não só pelo legado como instrumentistas, nem também apenas por sua herança musical, e sim, principalmente pelos fundamentos que carrega na sua entrega em cada nota, juntamente com o Regional Imperial esse disco é um encontro de gerações marcando um momento de renovação do gênero.

Regional Imperial é formado por:
João Camarero: violão de 7 cordas, Edu Guimarães: acordeon e piano, Lucas Arantes: cavaquinho, Junior Pita: violão de 6 cordas e Rafael Toledo: pandeiro